0

O cão se encosta carinhosamente em uma menina. O que ela faz para agradecê-lo é incrível.

Quando a pequena Bella Burton, de 11 anos, de Woburn, Estados Unidos, parou de crescer, aos dois aos de idade, seus pais não souberam o que fazer. Os médicos não tinham certeza do que estava acontecendo com ela.

Bella foi diagnosticada por um especialista, que descobriu que a menina sofre de uma doença rara, chamada Síndrome de Morquio. Seu corpo não produz a quantidade necessária de uma enzima, fazendo com que ela tenha parado de crescer. Mas as complicações de sua doença não afetam apenas o crescimento. Morquio também é associada a problemas cardíacos e paraplegia, em função do enfraquecimento da coluna.

Bella foi submetida a nove operações para melhorar a sua condição. Ela ainda tem que andar com muletas ou em cadeira de rodas, o que é bastante difícil para esta garotinha cheia de energia.

Porém, tudo mudou quando a família da menina ouviu sobre o projeto que treina cães da raça Great Dane para prestar assistência médica.

Eles foram imediatamente visitar o centro de treinamento e lá Bella conheceu o George, o cachorro gigante. Foi amor à primeira vista. O cão se recusou a sair de perto da garotinha.

Desde que se conheceram, Bella está mais alegre e até conseguiu se livrar de uma de suas muletas, usando George como apoio no lugar delas. A vida deles mudou para sempre.

A família, e especialmente Bella, quiseram fazer algo especial para o cão de bom coração que nunca deixa a menina sozinha.

Então, deram a ele o que chamaram de “O melhor dia de George”. Um dia inteirinho dedicado à mimar o cachorro desde o focinho até o rabo. O passeio foi organizado por um grupo especializado em dar à cães merecedores um dia de diversão. Bella, sua mãe e George viajaram para Boston e se hospedaram em um hotel de luxo. Durante a viagem, eles exploraram a cidade e compartilharam de um dia perfeito.

“O Melhor Dia de George” definitivamente superou as expectativas da família. Estas fotos nos mostram quão importante e enriquecedora é a presença dos animais em nossas vidas, independentemente do nosso estado de saúde.

Fonte: naoacredito


LEIA TAMBÉM
loading...

O Mundo Aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *