0

O adolescente de 13 anos se preparou para a morte da mãe. Quatro anos depois, ela viu o sutiã e não conseguiu segurar as lágrimas.

Julián Ríos Cantú só tinha 13 anos quando passou pelo momento mais terrível de sua vida: sua mãe foi diagnosticada com câncer de mama, e os médicos não tinham muitas esperanças. O jovem mexicano tinha que se preparar para a perda de sua mãe.

O que fez a situação ser ainda mais trágica era o fato de que, se o diagnóstico tivesse sido feito mais cedo, a mãe de Julián talvez tivesse reagido à quimioterapia. Mas o câncer estava tão avançado que ela teve que amputar os dois seios, o que, pelo menos, salvou sua vida. A mãe de Julián superou as adversidades, e o garoto sabia que tinha que mostrar sua gratidão de alguma forma. Ele estava determinado a garantir que o câncer de mama fosse diagnosticado tão cedo quanto possível para garantir a maior chance de sobreviver.

Quando o câncer é diagnosticado durante a mamografia, muitas vezes já é tarde demais. Por isso que auto exames regulares são extremamente importantes, especialmente em países onde o acesso à saúde é limitado, como no México. Mulheres precisam saber como se examinar e reconhecer quando algo está errado.

Então, Julián colocou a mão na massa: ele estudou todos os aspectos do câncer de mama, inclusive métodos de diagnóstico e as chances de sobreviver. Aos 17 anos, ele fundou sua própria companhia, chamada Higia Technologies. Seu objetivo era desenvolver um jeito simples para que mulheres de todo o mundo pudessem diagnosticar o câncer de mama tão cedo quanto possível.

Sua companhia fez diversos avanços tecnológicos, sendo o mais recente deles um sutiã com mais de 200 sensores embutidos. Esses sensores monitoram e analisam uma enorme quantidade de dados para identificar mudanças nos seios das mulheres. Esses dados são enviados aos médicos para que eles possam se manter informados sobre as condições das pacientes. Julián está extremamente orgulhoso de sua invenção.

O princípio por trás do aparelho é simples, ainda que muito engenhoso: tumores nos peitos aumentam a circulação de sangue através do tecido, o que, por sua vez, levam a um aumento notável da temperatura. O sutiã monitora a temperatura, transfere os dados para um aplicativo e alerta a mulher, caso exista alguma mudança significativa. Usar o sutiã durante 60 a 90 minutos por semana providência dados suficientes para manter um registro preciso da saúde dos seios. A vantagem desse método é que a temperatura é sempre medida no mesmo local e leva a resultados bem precisos.

Julián já foi condecorado por suas realizações pelo presidente do México. O sutiã ainda está na fase de prototipagem, mas, com sorte, logo estará disponível para o público após ser totalmente testado. Julián e seus amigos estão confiantes de que a invenção será um sucesso.

Apesar de só ter 18 anos, Julián já é um inventor e empreendedor, cujo trabalho árduo tem potencial para salvar inúmeras vidas. Passar pelo diagnóstico e pela batalha da mãe contra o câncer foi uma experiência terrível para ele, mas ele conseguiu tirar algo de bom de tudo isso. Nós desejamos a ele muito sucesso no futuro!

Fonte: naoacredito
Fotos: julian.rioscantu , wikipedia,


LEIA TAMBÉM
loading...

O Mundo Aqui

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *