0

Este homem estava em uma maca e lutando pela vida. Quando os paramédicos viram quem nunca deixou de estar ao lado dele, eles tomam uma decisão.

Os trabalhadores de emergência médica no Brasil foram chamados para ajudar um sem teto que ficou doente com um problema respiratório. Quando chegaram perto dele, rapidamente ficou claro que, apesar de viver na rua, o homem tinha algo muito valioso: um cachorro fiel, chamado Marrom, que sempre o acompanhava.

Por isso mesmo, os paramédicos nem hesitaram e decidiram carregar o cachorro junto do homem na ambulância para o hospital.

Já no Hospital Humanitário, na cidade de Limeira-SP, Marrom tentou o seu melhor para seguir o seu dono até a sala de emergência. Porém, ele acabou aguardando do lado de fora do hospital para não perturbar os outros pacientes.

Marrom apenas se enrolou na rua e esperou. À medida que as horas passavam, a demonstração de lealdade dele para com seu dono foi comovendo todos os que ficaram sabendo do caso. O cachorro recebeu ração, respeito e carinho dos funcionários.

O pessoal do hospital até colocou um sinal para garantir que ninguém iria incomodar o cachorro ou confundi-lo:

Ao todo, Marrom ficou lá mais de 32 horas. Foi nessa altura que, um grupo local de resgate de animais, a ALPA, passou por lá para ver se ele precisava de cuidados. Achando que ele tinha pulgas e carrapatos e considerando que ele talvez nunca tinha ido a um veterinário, eles decidiram levá-lo para tratamento. E ele ficará com eles até que seu dono seja liberado do hospital.

Nos próximos dias Marrom voltará a estar com o seu dono a quem ele mostrou ser muito leal. A ALPA até já contatou algumas organizações locais para ver se conseguem providenciar um abrigo de longo prazo para ajudar o par de desabrigados cuja história tocou o corações de todos.

Que história linda! Marrom é mesmo um cachorro especial e o seu dono tem muita sorte em ter a companhia dele. Esperamos que a vida sorria para esta dupla!

Fonte: Não Acredito


LEIA TAMBÉM
loading...

O Mundo Aqui