Bebê nasce com síndrome e mãe flagra o que enfermeira fazia com ele.

O bebê nasce pesando apenas 900 gramas e enfermeira faz de tudo e chega até a surpreender a mãe.

Quando as pessoas têm o sonho de se tornaram pais tudo acontece da melhor forma, mas o que eles nunca esperam é que possa haver complicações na gestação. Assim como nessa história que será contada.

Em Edmonton havia um casal, Sarah e Trevor Topilko, que tinham o sonho de ter uma criança para compartilhar as suas vidas, mas eles nunca imaginaram que algo poderia complicar tudo.

A mulher foi diagnosticada com a síndrome de HELLP, que atinge mulheres durante o processo da gravidez. A mulher teve que correr até a emergência porque aquela síndrome estava afetando ela e seu filho Connor.

Não havia outra forma de salvar Connor a não ser uma cirurgia pela qual a mãe deveria passar. Ela passou por todo o processo necessário, que correu bem, e estava lutando pela  vida do seu filho.

Infelizmente quando o menino foi retirado após a cirurgia, ele não apresentava um peso normal. O menino pesava apenas 900 gramas.

Após a cirurgia Sarah foi até onde seu filho estava, mas infelizmente não aguentou. Ela disse: “Me levaram em uma cadeira de rodas até onde ele estava, porque eu ainda estava muito debilitada. Quando cheguei ali, vi a incubadora e me levantei, mas meus joelhos não aguentaram o esforço e voltei a cair. Graças que uma enfermeira pode me ajudar”.

A enfermeira, Gwenn O’Neil, não cuidou apenas da mãe, mas também do filho, que ficou sobre seus cuidados durante 65 dias no hospital.

A enfermeira não estava apenas cuidando normalmente, ela sentia um carinho muito grande pelo menininho e o ajudava a cada dia com muito amor.

Sarah ficou impressionada e muito agradecida por tudo que a enfermeira estava fazendo por ela e pelo seu filho.

É meio difícil de acreditar, mas a mulher até mesmo fez uma roupinha com suas próprias mãos para o menino, porque como ele era muito pequeno seria difícil achar uma roupa que lhe servisse.

Tudo ficou ainda mais surpreendente quando o casal estava completando bodas de casamento e Gwenn resolveu dar uma surpresa ao casal. Ela ficou com Connor e reservou tudo para um jantar a dois em um restaurante.

Trevor emocionado com tudo que a enfermeira havia feito falou: ”Sem ela, tudo teria sido muito mais difícil. Gwenn fez muito mais que seu trabalho, fez nós nos sentirmos mais seguros, como uma família”.

Connor foi crescendo, se desenvolvendo e quando completou seus quatro anos de idade ele voltou ate o hospital junto a seus pais. Em suas mãos Connor levava para a enfermeira um ramo de flores e uma caixa de bombons que tinha exatamente o peso dele quando nasceu, 900 gramas.

Essa história é realmente emocionante.

 

Fonte: Jetofnews

Facebook Comments

LEIA TAMBÉM
loading...
Compartilhar

Deixe uma resposta